domingo, 22 de março de 2015

Sem pudor algum

outfit | Tumblr

Adoro o meu curso, simplesmente adoro, e não tenho nenhum pudor em tocar em qualquer tipo de amostra biológica, pura e simplesmente não tenho. Claro que não vou levar a amostra num frasquinho de colheita para casa e por na minha mesinha de cabeceira e enfeitar, não sou tola a esse ponto. O que não tolero, ou melhor o que não gosto muito de ouvir, é as pessoas do meu curso dizerem: "ai que nojo", "ai não toco nisso", "ai não faço aquilo", isso não, por favor menos. Eu antes de me candidatar à universidade pesquisei pelos cursos que mais me interessavam e nessa pesquisa procurei saber o que em cada curso no futuro ia fazer e não fui para um curso só porque sim, só porque o nome soava bem e até é um curso de algum prestigio (já não é tanto assim atualmente) não, fui porque tudo que incluía fazer depois de licenciada era interessante e eu gostava daquilo. Se me perguntarem se tudo o que faço em laboratório gosto, digo que sim, mas claro que há amostras que me fazem mais impressão mas temos que as tratar como amostras de qualquer outro tipo e bola para a frente que temos muita gente a depender do nós e o paciente está sempre em primeiro lugar.

19 comentários:

M. disse...

Estou a seguir :)
Gosto muito do teu blog **

Cláudia S. Reis disse...

E ainda bem que és assim. Fazes isso porque gostas verdadeiramente!

Pepper Girl ✝ disse...

Acho que ninguém tem de ter pudor de nada, se escolheram esse curso acho que deviam agir como tu e aceitar as coisas com naturalidade.

Chloe disse...

É bom gostares do que estás a estudar, isso pode melhorar o teu desempenho :)

Inês disse...

Também não tenho problema nenhum em trabalhar com as amostras. O meu curso não tem como futuro profissional muitas coisas relacionadas com isso mas houve cadeiras laboratoriais com muitas amostras, microorganismos, entre outros e não podemos ser princesas. É meter a mão na massa :)

Indigo disse...

Exacto. Já no meu curso é a mesma coisa. Em veterinária temos que lidar com muitos cocós, xixs e vomitado. Não é para toda a gente.

Participa no Giveaway de Primavera

Mariana disse...

Qual é o teu curso? :)
Eu confesso que se fosse comigo não sei como me iria safar, mas talvez seja de não estar nada habituada!

Nicki C. disse...

E deviam ser todos como tu, se escolheram esse curso por alguma razão foi :)

Nicki C. disse...

Intolerância? Tipo alergia, não posso comer determinado alimento por exemplo, é isso ?

Briana disse...

Mas se as pessoas vão para um determinado de curso têm de saber para o que vão.. E não ficarem com "nojo" de algumas coisas..
Elas vão ter que lidar com isso na vida delas.. Que tipo de profissionais serão se recusarem a fazer alguma coisa por terem nojo?

-A. disse...

ainda bem que és assim e estás feliz com o teu curso. :)

Marisa Costa disse...

r: Doridos mas felizes ahahah

ballerina. disse...

Se és assim é porque fazes realmente aquilo que gostas e ainda bem que assim é! Às tantas muitos desses que dizem "Que nojo" foram sem gostar, como acontece cada vez mais em todos os cursos.

Inês disse...

É assim mesmo quando se gosta realmente de algo.

Ember Blue disse...

Quando escolher um curso vou fazer como tu, o realmente importante são as saídas profissionais :)
Beijinhos*

Daniela Pacheco disse...

No meu curso não lido muito com isso, mas se tivesse que ver por exemplo uma autópsica ( que é mais a minha área) não teria problema certamente. Até acho que estaria super entusiasmada!

Caty disse...

Para mim não dava mesmo, nheca! Mas é por essa razão que também estou numa área completamente diferente, agora colegas tuas dizerem isso, não se percebe :s

Luna disse...

Ainda bem que é assim! Isso de não conseguir tocar nas amostras é o mesmo que ir para Medicina e ter pavor ao sangue ou a tocar nos doentes.

Kiara disse...

Quando se vai para um curso e quando se imagina que profissão queremos ter, temos de ver logo tudo isso... não podemos apenas olhar para o bom e deslumbrar-nos com isso. Quero ser professora e adoro a ideia de me ligar aos alunos, de os ver crescer, de os ensinar, tudo isso, mas sei também que terei imensas dores de cabeça com isso. É a vida xb