sábado, 25 de outubro de 2014

Resumos das ultimas 6 semanas

Ms.Shopoholic | via Tumblr

E a ultima semana de praxe a sério está acabada. Eu tanto desejava por este dia... Mas agora que chegou, sei que vou ter saudades de praxar, até vou ter saudades de me levantar todos os dias as 8h da manha para ir praxar, mesmo me tendo ido deitar as 5h da manha.  Não vou dizer que foi fácil que não foi nada, o cansaço, os problemas que aquilo tudo deu, os anti-praxe, as reuniões todas que tive, os telefonemas de madrugada, os não's que os caloiros diziam e nós não podíamos contraria muito, porque se não nós é que sofríamos as consequências, os pés doridos dos sapatos, as idas para as discotecas de traje (que martírio), o andar km e km com aqueles malditos sapatos, as dores de garganta e as constipações...
Tudo passou, e  hoje, sinto que passei a minha mensagem que se eles se guiarem por aquilo que eu lhes tentei transmitir vão ser uns grandes praxantes e acima de tudo vão viver o espírito académico ao máximo, que era o que eu mais queria transmitir. Respeito pelos superiores hierárquicos, união, espírito de grupo, vontade de sobreviver, vontade de ser melhor e o melhor, sentirem que conseguiram ultrapassar as dificuldades e que vão conseguir ultrapassar muitas mais pela vida fora e acima de tudo consegui que eles ficassem amigos uns dos outros, que espero que nunca acabe e que se apoiem uns aos outros nos momentos complicados.
O que eu levo destas ultimas 6 semanas intensas é que tenho caloiros (não todos), que vão honrar as cores do curso e as cores da escola até morrer! 
Para mim não foi nada fácil, fui considerada a praxante "má" (com todo o orgulho) mas valeu a pena, porque sei que muitos deles no futuro vão ser como eu, honrando o curso até ao fim!
Levo destas duas semanas dois afilhados brilhantes, sem sombra para duvidas os que mais me motivava praxar, porque davam tudo por aquilo. Quando era para gritar gritavam, quando era para fazer bandalhices faziam, quando era para ser praxados à séria eram com todo o gosto e quando era para descontrair e para conviver eles estavam lá. A estes dois e a mais alguns que estavam com este espírito obrigada, ficaram sempre na minha memoria como os meus meninos, os meus reles caloiros!



3 comentários:

Mara disse...

eu já não tenho praxe há algum tempo :c

Mafalda. disse...

r: obrigada e para ti também xD

i. disse...

Gostei muito de ler este texto :) isso é que é sentir a PRAXE!