quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Momento difícil...


A decisão de mudar de casa no primeiro ano da universidade, nas primeiras semanas é muito complicada.
Estou , actualmente a morar com praxantes do meu curso, ou seja, minhas praxantes, dou-me muito bem com elas e gosto muito delas, só que não me sinto plenamente à vontade! Preferia estar a morar com uma caloira do meu curso, sempre podia estudar com ela ou fazer coisas mais da minha idade!
Tive uma proposta de uma colega para arranjar casa com ela.
Está a ser difícil para mim contar-lhes que quero mudar de casa, não sei como o fazer!
Tenho medo que elas fiquem chateadas comigo e que deixem de ser o que são agora para mim!
Um conselho por favo!!

6 comentários:

Sofia Duarte disse...

Oh querida, se te sentes melhor, mais vale mudares! Eu compreendo que seja mais fácil, no entanto também é bom viveres com elas, elas já passaram pelo que tu vais passar e podem-te ajudar, emprestar apontamentos e assim :)

Aninhas disse...

Não sei como te ajudar. A única situação por que passei foi a minha colega de casa, com a qual não me dava bem, a dizer brutamente que ia sair de casa. Só te posso dizer para mostrares que gostaste de estar a viver com elas mas que recebeste um pedido de uma amiga e achas que vai ser melhor para ti. De certeza que vão compreender :)

Inês de Sousa disse...

Diz-lhe simplesmente o que escreveste aqui. É a melhor maneira e certamente que não levam a mal :)

Bad disse...

Pois, é uma situação complicada.

Resp: Nós também comemos as 3 juntas mas elas fazem a comida para as 2 enquanto eu só faço para mim... (até nisso me sinto de lado :|)

Pi Maria disse...

Oh se não te sentes bem onde estás mais vale encontrar outra casa :) Diz-lhes a verdade, se são boas pessoas vão compreender, se não compreenderem olha quem perde são elas :D

Beijo ^^

Camila. disse...

Se te dás bem com elas acho que não é por aí, elas também te poderiam ajudar visto que já sabem o que estás a dar. Se preferes alguém da tua idade e que está a passar pelo mesmo que tu, muda. Mas eu no teu lugar acho que não mudava :)